Quais as posições sexuais mais comuns entre os casais?

Postado em 26/03/24 : 01:03:01

As posições sexuais desempenham um papel fundamental na vida sexual de um casal, influenciando não apenas o prazer físico, mas também a conexão emocional e a intimidade. 

 

Confira abaixo algumas das posições sexuais mais utilizadas, discutir os benefícios de variar as posições e examinar por que é importante para os casais experimentarem diferentes maneiras de se conectar sexualmente.

As Posições Sexuais Mais Usadas

  • Missionário: Provavelmente a posição mais conhecida e comum, o missionário envolve um parceiro deitado de costas enquanto o outro se posiciona por cima para a penetração. Esta posição oferece intimidade e contato visual direto, facilitando beijos e carícias.
  • Cachorrinho (ou de quatro): Nesta posição, um parceiro fica de joelhos enquanto o outro se posiciona por trás para a penetração. Oferece penetração profunda e estimulação do ponto G, além de permitir uma sensação de entrega por parte do parceiro receptivo.
  • Cavalgada: Aqui, um parceiro se senta ou se ajoelha enquanto o outro se posiciona por cima, controlando o ritmo e a profundidade da penetração. Esta posição oferece ao parceiro ativo uma visão desobstruída do corpo do parceiro receptivo.
  • De ladinho: Os parceiros se deitam de lado, um de frente para o outro. É uma posição relaxante que permite contato físico próximo e facilita o contato visual e as carícias durante o sexo.
  • 69: Nesta posição, ambos os parceiros se posicionam para praticar sexo oral simultaneamente. Promove prazer oral mútuo, equilibrando a reciprocidade e a intimidade.
  • De pé: Os parceiros se apoiam um no outro enquanto praticam sexo. Oferece uma sensação de aventura e intimidade, embora possa ser desafiador em termos de equilíbrio.
  • Deitados de costas: Ambos os parceiros ficam deitados de costas, com um de frente para o outro. Facilita o contato visual e o toque durante o sexo, promovendo proximidade e conexão íntima, quando feito de frente, é a posição frango assado.
  • Borboleta paraguaia: Apesar do nome diferente, a posição borboleta paraguaia é muito comum de se fazer, as pessoas apenas não sabe diferenciar pelo nome, mas é a mulher deitada de costas em cima do homem com o apoio dos pés.

Benefícios de Variar as Posições Sexuais

Variar as posições sexuais oferece uma série de benefícios para os casais:

  • Exploração e Descoberta: Experimentar diferentes posições permite que os casais descubram o que mais os excita e os satisfaz. Isso pode incluir posições que estimulam diferentes áreas sensíveis do corpo e permitem uma variedade de movimentos e ritmos.
  • Prazer Diversificado: Cada posição sexual oferece uma experiência única de prazer. Variar as posições permite que os casais experimentem uma variedade de sensações, desde estimulação clitoriana intensa até penetração profunda e estimulação do ponto G.
  • Intimidade Aprimorada: Experimentar novas posições pode fortalecer a conexão emocional e física entre os parceiros. A comunicação e a exploração mútua durante o sexo podem promover um senso de intimidade mais profundo.
  • Evita a Rotina: Rotina na vida sexual pode levar à monotonia e à diminuição do desejo. Variar as posições sexuais mantém a experiência sexual fresca e excitante, evitando que o relacionamento caia na rotina.
  • Inclusão de Fantasias: Experimentar diferentes posições pode permitir que os casais realizem fantasias sexuais e explorarem novos aspectos de sua sexualidade juntos.

Importância da Variação nas Posições Sexuais

Variar as posições sexuais é essencial para a saúde e a satisfação sexual de um casal. Ao experimentar diferentes posições, os parceiros podem descobrir o que mais os excita e os satisfaz, promovendo uma vida sexual mais plena e gratificante. Além disso, a variação nas posições sexuais ajuda a evitar a rotina e a monotonia, mantendo a chama da paixão acesa no relacionamento.

 

Portanto, encoraja-se os casais a explorarem novas posições, comunicarem-se abertamente sobre suas preferências e desejos, e estarem dispostos a experimentar coisas novas juntos. Afinal, a variedade é o tempero da vida - e isso certamente se aplica à vida sexual também.